Galego | Castellano| Português

DOG - Xunta de Galicia -

Diario Oficial de Galicia
DOG Núm. 24 Sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016 Páx. 4159

III. Outras disposições

Conselharia do Meio Rural

CORRECÇÃO de erros. Ordem de 23 de dezembro de 2015 pela que se estabelecem as bases reguladoras e se convocam para o ano 2016 as ajudas aos investimentos em tecnologias florestais, processado, mobilização e comercialização de produtos florestais, co-financiado com o Fundo Europeu Agrícola de Desenvolvimento Rural (Feader) no marco do Programa de desenvolvimento rural (PDR) da Galiza 2014-2020.

Advertidos erros na Ordem de 23 de dezembro de 2015 pela que se estabelecem as bases reguladoras e se convocam para o ano 2016 as ajudas aos investimentos em tecnologias florestais, processado, mobilização e comercialização de produtos florestais, co-financiado com o Fundo Europeu Agrícola de Desenvolvimento Rural (Feader) no marco do Programa de desenvolvimento rural (PDR) da Galiza 2014-2020, publicada no Diário Oficial da Galiza núm. 248, de 30 de dezembro de 2015, é preciso fazer as seguintes correcções:

1. Na página 52452, no artigo 3, número 2, onde diz: «Não se considerarão substituições de investimentos, salvo no caso de incremento de potência, prestações ou capacidade de produção, no que se subvencionará o diferencial de custo...», deve dizer: «Não se considerarão substituições de equipamentos, salvo no caso de incremento de potência, prestações ou capacidade de produção, no que se subvencionará o diferencial de custo. Neste caso a Administração verificará a valoração do equipamento apresentada pela empresa na memória.».

2. Na página 52452, no artigo 3, número 3, alínea a), onde diz: «Bens de equipamento e instalações em empresas de recolhida, manejo, acondicionamento e comercialização de produtos florestais não madeireiros (cogomelos, castanhas, plantas aromáticas e medicinais, biomassa e outros produtos florestais). No caso de produtos florestais alimentários não se considerarão os investimentos relativos ao acondicionamento», deve dizer: «Bens de equipamento e instalações em empresas de recolhida, manejo, acondicionamento e comercialização de produtos florestais não madeireiros e não alimentários (biomassa e outros produtos florestais). No caso de produtos florestais alimentários poder-se-ão subvencionar investimentos de recolhida e manejo em monte».

3. Na página 52452, no artigo 3, número 3, alínea d), acrescenta-se no final a frase: «Os equipamentos de tira de madeira ou biomassa consistentes em cabeça tractora com doble tracção, plataforma e guindastre florestal só serão subvencionáveis em empresas que possuam tractocargador e/ou autocargador em propriedade».

4. Na página 52453, no artigo 3, número 3, alínea h), acrescenta-se no final a frase: «Os investimentos no processo de transformação de biomassa serão subvencionáveis unicamente naquelas indústrias que não superem os 10.000 m³ de matéria prima empregada no processo.».

5. Na página 52453, no artigo 3, número 3, alínea i), onde diz: «Maquinaria e instalações de primeira transformação da madeira em serras que não superem os 10.000 m³ de madeira em rolo empregada para aserrado. Não é subvencionável a obra civil, excepto a necessária para o acondicionamento do parque de rolla ou tabela e para a instalação das equipas.», deve dizer: «Maquinaria e instalações de primeira transformação da madeira. Os investimentos no processo de transformação da rolla serão subvencionáveis únicamente naquelas serras que não superem os 10.000 m³ de madeira em rolla empregada para serrar.».

6. No artigo 6 acrescentam-se no final as seguintes alíneas:

«o) A construcción de naves que não sejam exclusivamente para a instalação dos equipamentos de primeira transformação de madeira ou outros produtos florestais ou para armazenamento na própria indústria. Não se subvencionarán naves isoladas nem só naves em empresas de nova criação.

p) Os investimentos para transporte standard.».

7. Na página 52458, no artigo 9, alínea a), acrescenta-se uma fila no final da tabela que na primeira coluna diz: «Maquinaria que permita uma primeira transformação da rolla em monte: peladoras móveis, serras móveis, etc.» e na coluna de barema diz: «150».

8. Na página 52462, no artigo 12, número 1, alínea l), ordinal 2º, onde diz: «No caso de instalações que assim o requeiram, comunicação prévia na câmara municipal.», deve dizer: «No caso de instalações que assim o requeiram, cópia da apresentação na câmara municipal da solicitude de licença de obra ou comunicação prévia segundo proceda».

9. Na página 52463, no artigo 12, número 1, alínea l), ordinal 6º, onde diz: «As empresas de primeira transformação de madeira deverão apresentar documentação acreditador do limite de 10.000 m³ de madeira em rollo empregada para aserrado.», deve dizer: «Para investimentos no processo de transformação da rolla ou da biomassa deverão apresentar documentação acreditador do limite de 10.000 m³ de madeira em rolla empregada para serrar ou matéria prima empregada no processo de transformação.».

10. Na página 52463, no artigo 12, número 1, alínea m), onde diz: «...memória razoada da necessidade e os benefícios esperados pela substituição...», deve dizer: «...memória razoada da necessidade e os beneficiários esperados pela substituição, que deve incluir uma valoração económica do equipamento que vai ser substituído...».

11. Na página 52467, no artigo 15, número 2, alínea g), ordinal 3º, onde diz: «...No caso de obra civil, certificar do director de obra de que cumple com a normativa ambiental, de segurança industrial e demais normativa vigente. No caso de investimentos que assim o requeiram, acreditación da apresentação da comunicação prévia da realização do investimento com toda a documentação requerida.», deve dizer: «No caso de obra civil, licença de obra ou comunicação prévia, segundo proceda, certificar de fim de obra e certificado do director de obra de que cumpre com a normativa ambiental, de segurança industrial e demais normativa vigente. No caso de investimentos que assim o requeiram, licença de início de actividade ou acreditación da apresentação da comunicação prévia com toda a documentação requerida...».